Estou de casa nova.

Espero vocês lá: www.tudopodeacontecer.squarespace.com



- Postado por: Beth S. às 12h48
[ ] [ envie esta mensagem ]





Ando vendo novelas. Sempre faço isso: quando a novela está chegando no fim e muita gente comenta que está ótima, eu pego carona e curto as emoções derradeiras. Uma coisa assim bem oportunista... De maneira que estou vendo duas novelas que estão em seus últimos capítulos: A Favorita, na Globo às 21h e em seguida Pantanal, no SBT, ás 22. Não tem perigo de perder a segunda, porque só começa quando a outra termina, ordem do Silvio Santos.

--
Na Globo, ontem a Flora matou o Gonçalo. Ela fingiu ter assassinado a Irene e a Lara, espalhou muito sangue pela casa e ele caiu fulminado. Só não entendi como que a Flora conseguiu aquele sangue, trancada como estava no sitio. Vi o Silveirinha pegar cinco filés mignon no freezer, não sei que mágica ele fez, pra tirar tanto sangue fresco de carne congelada... Os coadjuvantes do assassinato sumiram todos, ficaram só os dois, com um texto longo, uma cena cheia de tensão, bom de ver. Patrícia Pilar uma mistura de Psicopata Americano, Carrie a Estranha e Jack Torrence, de O Iluminado - se esbaldou nas caras e bocas. E Mauro Mendonça, com as bochechas tão lisinhas e rosadas, morreu sem saber que era um dos meus personagens favoritos nessa novela, ele e a Lilia Cabral... Uma duvida me esquenta a cabeça: onde ele deixou o DVD?

---
NO SBT Juma Marruá virou onça, matou o jagunço que estava ameaçando sua barriga grávida, e agora se prepara para parir o filhote na beira do rio. Diz que vai cortar o cordão umbilical com os dentes e comer a placenta. Ela é uma força da natureza. A novela, clássico de quase vinte anos atrás, é inocente e tem lindas imagens de cores esmaecidas. Uma novela vintage.

----
Como vocês podem ver, são muitas as emoções...

 



- Postado por: Beth S. às 10h28
[ ] [ envie esta mensagem ]





 

Últimos dias nesse endereço. Segunda feira já amanheço em casa nova, bonita e ensolarada! Estou praticamente dominando o babado lá no outro endereço, é muito mais fácil que aqui no UOL, que é cheio de trique trique. Ninguém vai mais reclamar nada, não precisa escrever letrinha, vai ter RSS funcionando, e tudo mais ao que temos direito. Só mais uns dias...

Enquanto isso, musiquinhas pra alegrar os corações no fim de semana.

-------

Habana Twist - Club des Belugas
Banda alemã que faz uma deliciosa combinação de jazz-swing com pequenos efeitos eletrônicos + black soul americano dos anos 50, 60 e 70 + algumas batidas de samba jazz e bossa nova.

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA

 

Sambou, Sambou - Zeca Pagodinho e João Donato
Nem preciso falar. É ginga pura o encontro desses dois.

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA

 

Na galha do cajueiro - Luciana Melo
A filha de Jair Rodrigues cresceu e manda ver em deliciosas canções que passeiam pelo samba + baladas + musicas para a pista.

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA

 

Boa Vida - Lulu Santos
Precisa falar nada desse aí. Um dos meus guitar heroes brasileiros.

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA


- Postado por: Beth S. às 19h45
[ ] [ envie esta mensagem ]





A revista Veja diz que Woody Allen pode vir filmar no Rio em 2010. Há três meses seu agente está negociando com o publicitário Claudio Loureiro, da Heads (agencia de Curitiba que acaba de chegar no Rio) e diz que Allen topou. Claudio Loureiro bancaria o filme, em torno de 7 milhões de dólares. Com dificuldades para conseguir financiamento em Nova Iorque, foi assim que Woody Allen fez seus últimos filmes, como Match Point (em Londres) e Vicki Cristina Barcelona.



- Postado por: Beth S. às 19h15
[ ] [ envie esta mensagem ]





  

Tá meio frio e chuvoso. E no ap do prédio vizinho, cuja área de serviço dá pra minha, tem uma obra que já dura algumas semanas. Agora com serra elétrica serrando mármore e granito. Com aquele barulhinho que arrepia todos os cabelos do corpo. E com trilha sonora de hinos evangélicos em altos decibéis. Nada posso fazer. Ainda tem mais duas semanas de máquina, diz o mestre de obras, muito educado.


A casa está que é uma poeira só. Sujeira mesmo. O piso daqui é branco (!!), tudo aparece e fica mais visível. Como estou trabalhando em casa, por contenção de despesas, e também como sou a louca da limpeza - passo o dia a correr entre o computador, a pia, as vassouras e panos. Estresse total.


Primeira vez que moro em apartamento e já overdose: 1) a obra do vizinho, com direito a poluição sonora e lixo. 2) piolhos de pássaros infestando colchões e me deixando cheia de feridas. 3) vizinhos de cima que dão festas dia sim dia não, até madrugada, com MUITAS mulheres usando saltos altos que ressoam dentro de minha cabeça. 4) vazamento de cano dentro da parede do banheiro. Cada vez que se liga a bomba dágua do prédio, cria-se uma pocinha de água no piso do banheiro. 5) vizinho com cachorro que já descobriu que eu tenho uma gata.

Saudades de morar numa casa...


Falando nos piolhos de sabiás, parece que eles se foram mesmo. Não tive grana ainda pra fazer a obra no meu quarto, mas passei querosene nas paredes, conforme orientação da Alline e a cada barulhinho de pássaro nas proximidades, dou muitas pancadas na parte de dentro da caixa do ar condicionado e eles se vão. Descobrimos que dá pra alcançar o buraco da caixa só esticando o braço pelo lado de fora - quer dizer, o braço do meu filho, que é maior que o meu. Então vou colocar tijolos por fora, só um em cima do outro, e nenhum pássaro terá mais espaço pra fazer ninhos ali. Confesso que fico com o coração apertado por fazer tamanha malvadeza, mas enfim...


Fiz uma horta de temperos na área de serviço. Já estou colhendo manjericão roxo, tomilho, alecrim e hortelã. Ainda crescendo, para colheita até o fim do ano: manjericão verde, estragão e orégano. Quero plantar ciboulettes (aquela bem fininha), salsa e pimenta de cheiro. Já tenho tanto tempero que não estou dando conta.


A Bia se enturmou geral. Já sabe onde gosta de ficar, etc. Toda vez que escuta a porta da frente abrir, sai correndo pra ver quem chegou, como se fosse um filhote de cachorro. Come muitíssimo, já engordou e cresceu - mas está com a mania muito chata de ficar miando na hora que a gente está comendo... Muito pidona, como dizem lá em Olinda.


Coisas que tenho de fazer hoje: 1) terminar todos esses textos, que preciso entregar pra pegar meu dindin. 2) responder emails sem fim. 3) fazer contas, pegar extratos de bancos, separar pagamentos, tomar muitos sustos, ai ai. 4) ir na festa de encerramento na escola das netas, especialmente pra ver Antonia dançando balé.


Cantora nova que ando escutando muito: Ana Cañas.

 



- Postado por: Beth S. às 12h18
[ ] [ envie esta mensagem ]





 

A arquiteta Janete Costa morreu ontem em Olinda, depois de uma longa enfermidade. Uma mulher linda, uma grande brasileira. Os artistas populares de todo o país, especialmente os nordestinos, devem muito a ela.



- Postado por: Beth S. às 20h40
[ ] [ envie esta mensagem ]





 

Fui na casa de um amigo esse fim de semana e conheci um livro que não me sai da cabeça. Chama-se Ethiopia: Peoples of the Omo Valley, do fotografo alemão Hans Silvester – uma documentação quase antropológica dos adornos de duas tribos do norte da Etiópia, os Surma e Mursi. São fotos absolutamente deslumbrantes de homens, mulheres, crianças e velhos, enfeitados com pinturas entrelaçadas com a natureza. Não se parecem com nada que já vi.

 

No livro, o fotógrafo conta que essas duas tribos vivem na parte mais baixa do Vale do rio Omo, no sudoeste da Etiópia, região isolada pelas montanhas etíopes ao norte, os pântanos do rio Nilo a oeste, e o deserto do Quênia, ao sul. É um dos lugares mais selvagens e remotos do planeta. Numa área de menos de 15 mil quilômetros quadrados vivem 15 tribos, que falam 10 línguas diferentes, fora os dialetos. O solo da região é colorido por pigmentos de origem vulcânica e a vegetação é exuberante e florida. No subsolo do vale foram encontrados ossadas humanas de quatro milhões de anos, por isso toda a região é tombada pela Unesco.

 

Foi nessa espécie de paraíso perdido que Hans Silvester, o fotógrafo alemão, viveu seis anos entre as tribos Mursi e Surma, observando seus rituais e fotografando seus costumes e cerimônias. Ele conta que os nativos dessas tribos são muito altos, (alguns chegam a ter dois metros de altura), vivem nus, não tem espelhos, mas se enfeitar e seduzir. Usam os pigmentos coloridos do solo e as flores e folhas das plantas para criar máscaras inusitadas e tão belas que nos deixam deslumbrados. “Eles se pintam entre si”, diz o fotógrafo, “usando as mãos abertas, as unhas, pedaços de folhas e palitos de madeira – e são rápidos. Cada dia aparecem com uma máscara diferente e se divertem como crianças ao se olharem entre si”.

 

----

 

Tem ainda muito mais informações interessantes nesse livro. Fico imaginando se a sua publicação não vai mexer com a harmonia e equilíbrio dessas tribos... se logo mais não vão surgir pacotes turísticos para o vale do rio Omo... Não é isso que nós, os civilizados, costumamos fazer? E me convenço que seria muito melhor se pudéssemos deixá-los em paz, brincando com suas flores coloridas...

 

-----

 

Encontrei na internet um resumo das fotos do livro – curtam e se surpreendam...

Tribus Del Omo
View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: tribus)


- Postado por: Beth S. às 17h22
[ ] [ envie esta mensagem ]





 

Akinator. A MaryW quem me apresentou. É um joguinho inteligente, você pensa em alguma pessoa e o gênio tenta advinhar quem é. Fiz uma vez, duas, cinco e o gênio me ganhou quase todas, impressionante. Mesmo pensando em pessoas difíceis como Wolverine ou Tim Maia, ele acertou. Mas chutou fora quando pensei em Neil Gaiman e ele me deu Salmon Rushdie.

 

É um sucesso. E vicia mesmo, vou logo avisando...



- Postado por: Beth S. às 14h43
[ ] [ envie esta mensagem ]





 

Noticias de Santa Catarina dão conta de que as chuvas diminuíram e as águas baixaram, o que permitiu acesso das equipes de resgate às pessoas que vivem nas área atingidas. Ainda bem. Mas os problemas ainda são muitos. A reconstrução de estradas e casas vai demorar, a  urgência agora é com os mais de 70 mil desabrigados. Eles precisam de tanta coisa - água potável, remédios, roupas, comida, agasalhos, colchões, cobertores, carinho, atenção. Tenho uma ligação afetiva grande com o estado de SC, que recebeu meu filho e sua família com tanto carinho – mas não é só por isso que preciso ajudar de alguma forma: é que sinto que somos todos uma coisa só – o que acontecer com um ser humano, mesmo distante, é como se estivesse acontecendo comigo...

 

A Defesa Civil de Santa Catarina está centralizando o atendimentos aos desabrigados e recebe e distribui a ajuda que está chegando de todos cantos do país e do exterior. As doações podem ser feitas nas seguintes contas correntes do Fundo Estadual da Defesa Civil (CNPJ 04.426.883/0001-57):

 

Banco do Brasil | Agencia 3582-3 conta corrente 80.000-7

Bradesco | Agencia 0348-4 conta corrente 160.000-1

Caixa | Agencia 1277 conta corrente 80.000-8 operação 006

 

Se você puder depositar alguma coisa, deposita. Se pode apenas divulgar, divulga.

 

----------

 

Noticias mais atualizadas sobre a enchente e a situação das pessoas atingidas estão em blogs criados na internet, que mais uma vez se mostra uma fantástica ferramenta de trabalho solidário:

 

AllesBlau

Arca de Noé

Só na Costela

Diarinho

Diarinho na Chuva

Desabrigados de Itajaí

Enchente de Itajaí

 

-------

 

Os bichinhos dessas cidades tambem ficaram desabrigados, mas existem aquelas pessoas santas que estão cuidando deles. E são muitos gatos e cachorros, principalmente. A Bianca, da Ong Viva Bicho continua recolhendo os animais perdidos e confusos, mas precisa de dinheiro pra ração e cuidados veterinários. Ajuda, vai. Deposita qualquer coisa aqui:

 

ASSOCIAÇÂO VIVA BICHO

CNPJ 06.156.776/0001-81

Banco do Brasil Ag 1489-3 conta corrente 20793-4



- Postado por: Beth S. às 15h55
[ ] [ envie esta mensagem ]





Tudo Pode Acontecer – e acontece!

 

Ganhei um super e amoroso presente de natal antecipado: um template novo. Ou, melhor dizendo, um blog todinho novo, pronto e colorido, em outro provedor. Val, minha querida nora, me deu. Eu amei. Com certeza vou ter muito mais recursos que nesse zip.net – onde as vezes postar é um estresse. Logo vou estar com ele no ar – primeiro estou "tomando posse", investigando todas as minhas possibilidades na casa nova, como transferir os posts antigos, como publicar vídeos, musicas, essas coisas. Aguardem!



- Postado por: Beth S. às 16h36
[ ] [ envie esta mensagem ]





A Bia passa o dia me seguindo e miando. Estou trabalhando em casa e naturalmente ando daqui prali, até me sentar no computador. O mundo dela é muito pequeno, deve ser do tamanho dela, então o máximo que ela vê sem precisar de muito esforço são minhas alpargatas coloridas. E quando ela vê, corre em linha reta de onde estiver e me segue. Sou a mãe, já saquei. Aí, quando me sento pra escrever, ela faz aqueles miadinhos de felicidade e sobe pelas pernas da minha calça, chega no colo, continua subindo e se ajeita no meu pescoço, no lugar quentinho entre o pescoço e as omoplatas e dorme um sono profundo. É incrível. E eu fico escrevendo meio dura pra não acordar a Bia e continuar ouvindo aquele ronrom pertinho do meu ouvido.

 

Ela é como um gatinho de brinquedo, super pequenina, mas já sabe onde está a comida e a água e faz suas necessidades no lugar que a gente mostrou no primeiro dia que chegou. Aprendeu rápido. A casa agora está abarrotada de ternura e pequenos cuidados...



- Postado por: Beth S. às 16h29
[ ] [ envie esta mensagem ]





Por Um fio

 

Santa Catarina está uma tragedia só. Tanta água, tanta gente desabrigada – tem quase 100 pessoas mortas, é muito triste ver as fotos. A região afetada é uma das mais bonitas do estado – o Vale do Itajaí. É um lugar cheio de cachoeiras, com resto de Mata Atlântica e colonização alemã. Tem aquelas casinhas coloridas e arrumadas com telhado de ardósia e uma industria têxtil especializada em roupa de cama e mesa – tenho lençóis ótimos que comprei em Blumenau quando meu filho morava lá e que duram ate hoje.

 

Vendo as fotos, me lembro das enchentes do Recife. Há muitos anos atrás a minha cidade sofria dessas catástrofes periódicas e era de cortar o coração ver que as famílias perdiam tudo, rapidamente - a água chega sem se anunciar e invade ruas e casas, derruba barreiras e arvores e deixa tudo cheio de lama e doenças. Nunca vivi o problema na pele, mas trabalhei nos abrigos e sei como é. As pessoas perdem a identidade nos abrigos. Passam o dia querendo voltar pra casa a todo custo, tentando recuperar um fiapinho da segurança e aconchego que perderam. As fotos dos desabrigados do Vale do Itajaí mostram um cotidiano igualzinho ao do Recife daquele tempo. A diferença é que os recifenses em sua maioria eram negros ou mulatos. Os catarinenses são alemãozinhos lourissimos e de olhos azuis.



- Postado por: Beth S. às 16h08
[ ] [ envie esta mensagem ]





CHEGOU A BIA!!

 

Ontem fim de tarde estava descendo a ladeira daqui de casa quando vi uma caixa dessas de embalagem de supermercado no meio do caminho. Dentro: quatro gatinhos recém nascidos. Três pretinhos e um quase branco. Eles miavam e se enroscavam no cantinho da caixa. Alguém colocou ração e eles roíam os pedacinhos, com a carinha mais triste do mundo. Uma maldade. A branquinha era uma gata, os pretos todos machos. Peguei de um por um e me apaixonei de cara pela fêmea – resolvi ficar com ela. Um vizinho ficou com um pretinho e os outros dois foram levados por alguém para uma clínica veterinária, onde tem sempre alguém pra cuidar.

 

Então agora tenho a Bia! Estava muito a fim de ter um gatinho de novo, de preferência desses viralatinhas lindos, eu e o meu filho amamos os pequenos felinos, mas ficamos sempre adiando – porque seria preciso fazer algumas coisas antes, principalmente colocar telas nas janelas e preparar minha casa e minha vida pra receber um filhote. Tudo besteira. Ver a bebezinha abandonada na rua foi um golpe, tudo isso ficou menor e sem sentido. Ela vai demorar a crescer e vou ter tempo de colocar as telas nas janelas, tempo e dinheiro. E tudo o mais.

 

A Bia não é exatamente branca, ela é branca com beje, meio café com leite – mais leite que café. Deve ter um avô ou bisavô siamês, porque o rabo e as orelhas são mais escuros, mas tem rajadinhos na testa e nas costas. É linda, magrinha e frágil, com enormes olhos azuis e barriguinha gorda de bebê. Um veterinário amigo deu uma geral e disse que ela está bem – apesar de algumas pulgas, uma inflamação nos olhos e um pouco de desnutrição. Deve ter mais ou menos um mês e pesa apenas 350g. É muito bebezinha, carente e assustada. Ontem chegou em casa, comeu até cair, bebeu água e se enfiou num sapato que estava dentro do armário, deixando a gente maluco de procurar e não achar. Depois ficou no colo do meu filho e dormiu enroladinha como se ainda estivesse na barriga da mãe. Uma graça.

 

Meu amigo veterinário lhe aplicou a primeira dose de vacina e remédio de vermes e agora é só aguardar que ela se sinta mais confiante com a gente, relaxe e possa crescer em paz. Precisa apenas de amor e carinho e isso ela terá muito, com certeza.

 

Quando ela melhorar da infecção nos olhos mostro uma foto pra vocês.  



- Postado por: Beth S. às 19h39
[ ] [ envie esta mensagem ]





Carioca não perde tempo. Já está sendo oferecida em alguns botequins a Barack Obrahma – que vem a ser chope escuro na pressão.



- Postado por: Beth S. às 21h01
[ ] [ envie esta mensagem ]





Bom fim de semana ensolarado pra todos!

 



- Postado por: Beth S. às 17h06
[ ] [ envie esta mensagem ]






BETH SALGUEIRO
Produtora cultural
E-MAIL
SKYPE


TAMBÉM ESTOU AQUI
Vitrola
Na Mesa da Cozinha
Lomo

BLOGS BACANAS
Fridas
Fal
Jôka
Bela
Bia Badaud
Marina
Biajoni
Horvallis
Laura
Denise
Leila
Vanessa
Ana Lucia
Fer
Claudinha
Cynthia
Nora
Mary W
Marcia K
Alinne
Renato
Lucia Malla
Uh, Baby
Inagaki
Papel Pop
Missiclof
Telinha
Neurastenia
Flavio Prada
Mina de Letras
Cinefilia
Conversas Furtadas
Juegos de Ingenio
Idelber
Gabeira
Kellen
Quadrinhos!!
Monica Fina Flor
Nando
Gi
PopLife
Pedro Doria
Torre de Marfim
Ledusha
Sergio Rodrigues
Zé Luis
Lola
Val



INDIQUE | DÊ UMA NOTA


CONTADORES

+

HISTÓRICO

14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
29/06/2008 a 05/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
20/04/2008 a 26/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005

Localidade dos visitantes dessa página


CRÉDITOS

Template exclusivo para este blog encomendado no Templates da Lua

Templates da Lua